13/05/09

Porto de Abrigo

Os cafés e as igrejas têm sido portos de abrigo para muita gente e representam o divino e o profano que existe em nós. Tanto o Café Magestic como a Igreja de de Sto Ildefonso pertencem a épocas em que às mulheres só se permitia que entrassem no divino e os homens que podiam entrar nos dois preferiam a entrada no profano.
Café Magestic, Porto

Igreja dos Clérigos, Porto

3 comentários:

Mike disse...

GJ, se nos deixa à escolha esses dois magníficos portos de abrigo, então devo dizer-lhe que prefiro, quiçá por ser homem, a entrada no profano... quer dizer, no Majestic ;D

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu também prefiro o Majestic. É um outro tipo de catedral de que guardo boas memórias

Grande Jóia disse...

Dois profanos, então! E com boas memórias, antes assim ;)