16/07/09

O País pisca - pisca

O país está na mesma, podemos ir de férias e regressar que nada de especial aconteceu. É como nas telenovelas, estamos um mês sem as ver e no espaço de dois dias o enredo está actualizado. Alegra-me passar pelas agendas culturais que neste Verão são para todos os gostos. Desde Glenn Miller Orchestra no Algarve para todas as idades, até ao Tony Carreira que há-de estar algures, passando pelas bandas que já por aí andam. O país está em festa e podíamos até dizer " este país parece uma discoteca" mas cuidado não se engasguem com os saltos e com a dança enquanto comem o rebuçado. Eu fiquei até muito apaziguada com as afirmações de Vítor Constâncio. Afinal Portugal só recupera em 2011 ao contrário do que tinha sido afirmado há dois meses. Nessa altura a recuperação era em 2010, mas estavamo-nos a esquecer de pequenos azares que esta malvada crise nos tem trazido. E as estatísticas, que coisa! Têm de ser publicadas de tempos a tempos sem massajar os números como já vem alertando o PR desde 2007. Fiquei mais tranquila, porque afinal o ex-Ministro Pinho não era o único que nos alegrava com notícias pisca-pisca. Hoje uma coisa, amanhã o invés. Com tanta festa neste Portugal a questão geradora tem trabalhado mais por causa do pisca-pisca eléctrico. Mas nada de nos assustarmos, porque o povo é sereno, o nosso Presidente fez 70 anos e representa a família feliz que Portugal é. Todos unidos e o importante é o jantarinho ou o almocinho.

2 comentários:

Mike disse...

eh eh eh eh... a Senhora está cítrica, GJ. ;D

Luísa disse...

GJ, o país está em festa, mas os arquinhos e balões estão presos por um fio e já começou a haver derrocadas. Os escândalos rebentam diariamente e, fosse outro no poder, não rebentariam só os escândalos. Acho que o próximo Outono vai dar-nos a prova dos nove do país que temos… ou que somos. Estou quase com medo. ;-)