13/01/10

Acho X

Há dias lembrei-me das expressões à volta da cozinha. Acho que não deve haver país que enrole tanto como o nosso. Enrolamos a palavra, enrolamos a fralda da camisa, enrolamos os assuntos, enrolamos quem nos ouve, enrolamos iguarias com condimentos, enrolamos couves lombarda, enrolamos. E também temos as almofadas. Almofada para o que der e vier, almofada para dormir, almofada para cair, almofada para comer. E trouxas que ouvem coisas de encantar, dormem nas almofadas sedosas e são enrolados sem saber mesmo quando lhes fazem elogios apetitosos. Para além do mar que enrola na areia e as areias que enrolam kilómetros. São enrolamentos sem parar.

5 comentários:

Mike disse...

São enrolamentos a mais, é o que é... ;)

Mike disse...

De repente lembrei-me: será que a GJ nos está a querer enrolar? ;D

GJ disse...

Eu? Nem pensar, safa! ;D

Luísa disse...

Tem toda a razão, GJ. Acho, aliás, que vou começar a evitar a palavra, pois vejo-a capaz de minar tudo! ;-D

sramaldisposta disse...

GJ,

Gostei das couves enroladas...em salsicha é uma especialidade de familia :-)