23/07/10

Abutres em Portugal

Leio que há quarenta anos que não havia crias de abutre-preto a voar em Portugal. Não me espanta que estejam a regressar os que andavam fugidos, mas fico apreensiva. Já tínhamos tanta espécie à solta e ainda vêm mais estas juntar-se, aos de outras cores, que por aqui têm andado.

7 comentários:

Luísa disse...

Qualquer coisa me diz, GJ, que esta é capaz de ser a espécie mais inofensiva das que por cá temos. ;-)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Abutres não faltam por aí mas, até agora, só tenho visto dos brancos.

Dreamer disse...

Antes abutres que outros pássaros mariolas, GJ.

bacouca disse...

GJ,
É assustador! Era o que mais nos
faltava agora esses para "pilhar" o pouco que resta...
Um beijo

fugidia disse...

Estou com a Luísa, GJ: destes não há que recear... :-)

Mike disse...

Olhe, Colega, este texto trouxe-me à memória Zeca Afonso e uma célebre música... ;-)

TERESA SANTOS disse...

Eles atraem-se, sem dúvida. Há como que um iman que os junta, é só isso! Mas que é preocupante, é!