30/08/10

Setembro aproxima-se

Já ontem tinha olhado para aquela água no final do dia, limpa, calma e convidativa. As ondas chegam sem pressa, os primeiros pássaros sobrevoam a areia e não tarda que a brisa mais fria paire devagar dando-nos tempo para nos habituarmos ao arrefecer dos dias. Gosto do ar lavado do mês que está a chegar, ainda não está frio mas o calor já se encaminha para outras paragens. Gosto das manhãs de Setembro.


"September morning"Paul Anka

8 comentários:

Dreamer disse...

Porque será que gosto tanto desta canção?

vbm disse...

Ouve esta

bacouca disse...

GJ
Eu adoro o mês de Setembro: Maio e Setembro são os meus meses preferidos porque marcam uma transição (hoje em dia já é díficil!) para algo de diferente.
Um beijo

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
GRANDEJÓIA

ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

GJ disse...

A música é intemporal,fantástica.
Vasco, é uma excelente interpretação, mas eu tinha de relembrar o Paul Anka pelo romantismo.:)

GJ disse...

Dreamer,eu também não sei...;)

GJ disse...

Bacouca, os meses de transição deixam-nos a esperança de mudança. E ela é tão precisa nos dias que correm.:)

vbm disse...

:)) Sim, notei.

Eu próprio
recordo uma canção
de Paul Anka, por causa
uma dança sentida, mas
doutra canção famosa,
You are my destiny

O que não foi o caso
com o meu par! :))

Eu quis ligar-te à bela interpretação
de September Song do Frank Sinatra.
Mas a hiperligação está desactivada.

abraço,
Vasco