16/05/11

Uma verdadeira portuguesa, a minha neta

Uma vez por semana vou buscar a minha neta Francisca ao infantário, passamos uma belo fim de dia juntas e fazemos aquilo que faz parte dum  despreocupado programa  avó-neta. A rotina é um bom principio de aprendizagem e através dos alimentos vamos aprendendo, eu a conhecer os seus gostos, ela a reconhecer os sabores. Numa das últimas vezes calhou o jantar ser carne de porco. A Francisca gostou muito e perguntou várias vezes "o que é isto, vovó? É cáne?" Fui respondendo, mostrando o animal num livro, falando das várias partes que comemos e satisfazendo a sua curiosidade. Passado uns dias, chegada a hora da refeição a Francisca perguntou se ia comer porco e perante a perspectiva do peixe e do peru noutra ocasião, a minha neta insistia em querer comer o dito.
As crianças são de manias e gostam de ser teimosas por isso não liguei, mas eis que surge o tal filme para finlandês absorver e aí, eu pensei - será que em vez do Noddy a minha neta anda a ver outros videos ou posso afirmar que ela é uma verdadeira portuguesa?

6 comentários:

Dreamer disse...

Não sei a que filme se refere, mas que a sua neta é uma verdadeira portuguesa, lá isso é. Já dizia um general que conheci: "Peixe não puxa carroças"...

Dulce Braga disse...

E de paladar apurado!:)Bj

TERESA SANTOS disse...

Além de uma potencial boa portuguesa, a Francisca mostra ter um paladar apurado.

Abraço.

Bacouca disse...

Querida GJ
Também atravessa o "deserto" como eu fiz? Anda muita gente sem escrever nada e já tinha um grupo que era minha visita habitual começando pelo seu canto.
Tudo bem e só uma licença sabática?
Beijo

GJ disse...

Olá Amigas, ando por aqui. Abraço.;)

LADY-BIRD, ANTITABÁGIKA, FÃ DO JOMI LOL E JÁ AGORA DOS NOSSOS AMIGOS ANTI-TECNOLOGIAS: MARCHANTE (se não existissem tinham que ser inventados) disse...

GJ tem que lhe dar é doçaria regional...em vez de porco, vaca, perú, peixe, vai lhe pedir ovos moles, pão de ló de alfeizeirão, queijadas de sintra, pastéis de belém, torta de viana...bem, e é melhor ficar por aqui porque senão não me concentro! =)...aproveite enquanto ela pequenina.
beijinhos
ps: qual o doce que aconselha e onde, numa eventual visita (ainda que seja de passagem) ao Porto?