03/12/08

Por las calles de Madrid


É sempre um prazer andar em Madrid. A cidade impõe-se a quem passa sem se intrometer com quem vai. A vida faz-se de forma agitada e o brilho desta altura do ano adorna a cidade. As compras já foram, porque também em Madrid se nota a queda do poder de compra. Em Madrid, podemos fazer o que nos dá outro fôlego para regressar, seja ao passear a pé pelas largas avenidas ou pelas pequenas calles cheias de história, de música, de sabor e cor. Em Madrid, não tropeçamos nos buracos dos passeios e podemos andar com carrinhos de bebé como diz a Rititi. E ficamos bem com a movida madrileña que nos puxa até altas horas com una copa de vino e unas tapas, seguida de uma ida ao teatro ou a outro lugar de moda. Madrid por supuesto, para a Ana, sem esquecer as livrarias que eternamente nos sugam para si mesmas, levando-nos ao prazer da alma e à paixão de jóias inesperadas.

2 comentários:

ana v. disse...

Adoro Madrid, GJ. É uma cidade cheia de vida, e de "qualidade de vida"!
Já me fez saudades... :-)

Grande Jóia disse...

Sempre que surge aquela célebre discussão Madrid-Barcelona, escolho sempre Madrid. É uma cidade fantástica com uma vibração que na minha opinião só reencontramos em Buenos Aires.