22/10/08

O camarada Abel e o Euroliberal

Quando é para histórias divertidas do tempo da Faculdade, e em especial as que se passaram no auge da revolução, em que todos eram no mínimo"comunistas", eu não deixo passar. Assim, permito-me deixar aqui uma delas, retirada de um comentário feito pelo Euroliberal a um postal no Portugal Contemporâneo.
"Pois é, a renegada Morgado e o renegado Saldanha Sanches faziam parte da "linha negra" do MRPP (movimento dos rapazes pinta-paredes) que após titânica luta, foi expulsa do partido pela linha vermelha, a pura e dura linha do Camarada Abel, aka, Burrão Merdoso, um grande defensor e educador das massa estudantis desejosas de passar de ano sem fazer um único exame. O camarada Abel tornou mesmo possível casos de denúncia da escola burguesa que ficaram na história.Por exemplo, o daquele proletário sem ambições intelectuais que se inscreveu na Universidade apenas para poder frequentar a cantina universitária, com preços convidativos... Pois não é que quando se foi reinscrever no ano seguinte, lhe disseram que já estava no 4º ano ? A comer o seu bifinho todos os dias quase que ficou doutor...Ah, grande camarada Abel...
Camarada Abel era o pseudónimo do Burrão Merdoso nas páginas do Luta Popular, jornal da classe operária e do seu Partido, o glorioso MRPP...onde ele fulminava todos os dias em editoriais coléricos os renegados que traiam a causa do povo,, pactuando com os sociais fascistas do partido do Barreirinhas, com os fascistas e a CIA...não se esquecendo de tecer loas ao grande Pai dos Povos, o camarada José Estaline..."

4 comentários:

mike disse...

Grande Jóia, mas que pérola... ;-)

Grande Jóia disse...

Se todos contassem é que era uma paródia...:)

ana v. disse...

Quem o viu e quem o vê... enfim, todos temos direito à asneira, não é? :-)

Grande Jóia disse...

Concordo com a Ana.Todos temos direito à asneira na idade certa, independentemente do ano em que a fazemos.