26/06/09

Desisto!

7 comentários:

Luz disse...

GJ

Espero que pelo menos algora essa alma descanse.

GJ disse...

Era o talento em pessoa, complexo e controverso.
Lembro-me dos ensaios do anúncio da Pepsi e de o ver com o cabelo em chamas a dançar.

Luz disse...

GJ

Era sim, mas acho que nunca foi feliz. Por isso digo que espero que ele agora tenha a paz.

Mike disse...

Pois eu devo confessar que nunca gostei do Michael Jackson e da música dele.

GJ disse...

Foi uma pessoa normal até 1982. A partir daí fez parte dum processo de afirmação andrógena. Quis demostrar que todo o preto é branco e que todo o branco pode ser preto. Usou também a ambiguidade sexual já utilizada por David Bowie, com os trejeitos do Elvis e os pés de Fred Astaire. Levou as pessoas ao rubro com os passos que o tornaram famoso,foi um símbolo daquilo que em princípio um ser humano não quer ser:ambíguo.
Mas foi um artista que viveu para morrer cedo com os excessos, como aliás todos os grandes artistas.
No início dos anos 80 nos EUA não havia outro que enchesse estádios e bilheteiras como ele, nem que animasse shows de televisão.
E com músicas que ficam para a história, mas que não têm de agradar a todos.:)

GJ disse...

Sim Luz, deve ser uma alma a precisar de descanso.

Ana Paula disse...

Que possa descansar finalmente...

Talentoso e controverso, é isso mesmo o que melhor o definirá na nossa memória.