07/06/09

PSD vence as eleições europeias

"O que é que acha que faz um eurodeputado?", pergunta o jornalista da TVI
Responde a eleitora, portuguesa. "Não fazem nada!"
Paulo Rangel tem dito o contrário, oxalá para todos nós.

7 comentários:

Rita Vasconcellos disse...

Sócrates
-Não é necessário invadir o estrado. Vou responder a algumas perguntas espero que estejam organizados....


Nestas eleições o grande vencedor é o Partido Abstenso (62.5 por enquanto)

ah ah ah

RAA disse...

Estes eleitores...

Mike disse...

Por isso é que eu às vezes acho que os votos não deviam valer todos a mesma coisa. (Shiu... eu não disse isto) ;)

Luísa disse...

GJ, ri-me bastante com essas respostas dos eleitores às perguntas dos jornalistas. Pela alegre ignorância, mas, sobretudo, pelos contrastes dos palpites. Entre os seis e os mil deputados, valeu tudo! :-D
P.S.: Mike, os votos têm níveis de informação diferente e, por isso, faz sentido o que diz. Também não tratamos da mesma maneira as opiniões do grande empresário ou do pequeno tendeiro da esquina, nem as do médico ou do enfermeiro, nem as do advogado ou do oficial de diligências. Isso não nega que, como pessoas, tenham todas a mesma importância e mereçam todas o mesmo respeito. ;-)

GJ disse...

O voto é uma arma como dizia hoje a MFL. E se é uma arma é melhor que a saibamos usar com clareza. O que se passa é o contrário. A maioria vota porque é um dever de cidadania ou é uma obrigação eleitoral.
Concordo que nem todos têm o mesmo valor, mas isto é como um bom vinho. Se for dado a quem não aprecia a pessoa emborca, se for dado a um connaisseur ele é decantado, degustado e apreciado.
A garrafa fica vazia num caso e noutro, mas a continuação é que conta. O primeiro continua a beber surrapa e o segundo procura a boa colheita.

ana v. disse...

Deus queira que tenha razão, GJ, e que ele não fique inebriado cedo de mais com esta vitória. Hope so.

GJ disse...

Esse é o risco de quem chega rápido e sem contar ;)